Iniciando no Airsoft

O jogo recreativo em que se usam armas de pressão com projéteis plásticos que não são letais também recebe o nome de Softair. Nele, são utilizadas táticas militares e armas de plástico, metal ou madeira. Já a propulsão da arma pode ocorrer por meio de molas, gás comprimido, como o propano, ou mecanismos eléctricos.

Tudo isso para simular que os participantes estão em combate contra o inimigo. Assim, o primeiro passo de como começar a praticar Airsoft é conhecer como funciona o jogo tradicional, principalmente, nos países asiáticos, entre eles, Coreia do Sul, Filipinas e China. Também é fundamental saber quais são os equipamentos utilizados para se proteger.

Na lista estão as máscaras e óculos de proteção, extremamente importantes, pois eles vão proteger rosto e olhos. Para jogar Airsoft existem diferentes modelos, sendo no caso dos óculos o melhor é aquele que protege por completo os olhos, sem aberturas ou frestas. Embora o objetivo das armas usadas no jogo não seja machucar, é possível que o projetil quebre ao atingir a arma ou corpo do participante e que seus fragmentos voem em direção ao rosto.

Por isso, o modelo de óculos chamado Goggles é o melhor, pois recebe uma lente maior e alça elástica que deixa o acessório firme na cabeça. Praticantes desaconselham apenas a compra dos óculos do tipo tela, pois nem todos eles têm um padrão de qualidade balística. Uma dica é fazer um teste antes de comprar o produto, disparando na lente a arma usada no jogo, a uma distância de cinco centímetros. Já a máscara pode ser a mesma usada no paintball.

Dicas para jogar Airsoft

Começar a praticar Airsoft consiste ainda em adquirir a sua AEG (Airsoft Electric Gun). Ela é uma arma que funciona comprimindo uma mola que expele o projétil. Para tanto, conta com um sistema formado por motor, bateria, engrenagens e pistão. O projétil é esférico, com diâmetro de seis milímetros e feito de material biodegradável.

Normalmente, a arma de Airsoft é longa, além disso, existem alguns modelos elétricos, bem como os modelos que fazem uso de gás, as chamadas GBB. Vale lembrar que aos iniciantes que o Airsoft é diferente do Paintball, sendo que existem grandes diferenças. Uma das principais é o realismo, já que as armas do Airsoft são réplicas das armas de fogo reais.

Os tiros machucam menos que no Paintball, onde os projéteis devem estourar. Da mesma forma, a munição do Airsoft é mais barata e os acessórios e roupas não ficam sujos de tinta. Por parecer que os participantes estão em uma batalha de verdade, a portaria que regulamenta o jogo no Brasil exige que as armas sejam marcadas na cor vermelha ou laranja. Ou seja, apenas com essa marcação podem ser vendidas para o jogo.